AUMENTO PENIANO

                FALOPLASTIA: alongar o pênis

                  BIOPLASTIA: engrossar o pênis

                  Aumento da Bolsa Escrotal

                         Aumento da Glande

          Aumento de Glúteos - Bumbum

              Correção de Lábios Vaginais

                                  Depilação a Laser

                                     Emagrecimento

                              Gordura Localizada  

                Bioplastia-Preenchimentos  

 

 

 

SITE DE INFORMAÇÕES MÉDICAS SOBRE SEXUALIDADE, SAÚDE E BELEZA

 

 

 

AUMENTO DA GLANDE (“CABEÇA DO PÊNIS”)

 

Muitos pacientes se sentem insatisfeitos com o pequeno tamanho da glande ou “cabeça” do pênis, às vezes bem menor e desproporcional ao diâmetro do corpo peniano, e procuram tratamento médico para corrigir essa situação.

A glande é uma expansão do “corpo esponjoso” do pênis que envolve a uretra (canal urinário) da base à extremidade, sem espaço subcutâneo, motivo porque tem dificuldade em reter géis de acrilatos utilizados nas técnicas de bioplastia.

Em função disso, os “ganhos” obtidos no aumento da glande persistem apenas 12 a 18 meses, em média, e aos poucos o biomaterial utilizado migra e se desloca para a região em torno da uretra, impondo ser repetido esse procedimento.

A maioria dos procedimentos visando aumentar a glande são feitos utilizando “ácido hialurônico”, um produto sintético idêntico ao produzido pelo corpo, e além de “migrar” como acima descrito, também é absorvido pelo organismo.

Por tais motivos, a bioplastia de aumento da glande é o procedimento médico menos requisitado pelos nossos pacientes, que costumam ponderar que o seu custo-benefício não compensa. Mas “botox” dura bem menos, e todos fazem!

A bioplastia de aumento da glande é um procedimento relativamente simples e rápido, feito sob anestesia local, sem necessidade de internação hospitalar, de um modo geral deixando bastante satisfeitos os pacientes que a procuram.

Por medida de segurança, recomendamos abstinência sexual de uma semana a contar da sua realização, para evitar complicações, que embora muito raras, poderiam resultar: infecção do tecido tratado, edema (inchaço), dor, etc.

“Em obediência a determinações do Conselho Federal de Medicina, em vigor desde 15/02/2012, fotos tipo “antes e depois” não poderão ser exibidas, nem mesmo com autorização por escrito dos pacientes."

 

CONTATOS E INFORMAÇÕES SIGILOSAS: sejajovem@msn.com

Dr. ANTONIO RABELLO – MÉDICO – CRMMG 6480

BELO HORIZONTE - MG

SITE DE INFORMAÇÃO MÉDICA

(AS INFORMAÇÕES ACIMA NÃO DISPENSAM ORIENTAÇÃO MÉDICA)

www.penis-max.blogspot.com